download theme

Bonus for new user http://bet365.artbetting.gr 100% bonus by bet365.

bet365.artbetting.co.uk

Aos 41 anos, Mark Hunt quer perder 25 quilos para se reinventar entre os pesos-pesados do UFC

Divulgação/ UFC Hunt vem de derrotas para Werdum e Miocic no UFC Hunt vem de derrotas para Werdum e Miocic no UFC

A conquista do cinturão peso-pesado do UFC pelo veterano Fabrício Werdum, de 37 anos, parece ter estimulado outros atletas da categoria. Em entrevista a "Submission Radio", Mark Hunt, um dos poucos atletas da categoria que precisa perder peso para atingir o limite de 120 quilos, revelou a intenção de passar por uma dieta intensa para melhorar seu condicionamento físico.

"Eu joguei fora todo o trabalho de 12 semanas da minha equipe para a luta contra o Stipe Miocic e nunca conseguirei me desculpar o suficiente com eles. Não deveria ter que cortar peso, mas meu peso fora de treinos é de 140 quilos. Agora, estou trabalhando para que meu peso passe a ser entre 110 e 115 quilos, para ser competitivo contra os outros lutadores. Minha luta contra o Stipe foi péssima. Para falar a verdade, não foi nem uma luta. Passei o tempo fugindo, e não quero nunca mais ter que fazer isso", lamentou Hunt, "Se for para atuar assim, por que vou competir? É melhor me aposentar de uma vez".

Após anos de competição no kickboxing, Hunt migrou para o MMA em 2004, já aos 30 anos de idade. O lutador teve um bom início no Pride, com vitórias maiúsculas sobre Wanderlei Silva e Mirko Cro Cop, mas em seguida esbarrou na falta de conhecimento na luta de chão e acabou perdendo seis combates consecutivamente, cinco deles por finalização. Após investir nas defesas de queda e no jiu-jitsu, Hunt reencontrou o caminho das vitórias; mas sua mais recente derrota parece ter chacoalhado novamente a carreira do neo-zelandês.

"O que me chateou foi jogar fora o tempo e o trabalho da minha equipe com os erros que cometi", desabafou o atleta, que acabou nocauteado por Miocic no quinto assalto na Austrália, "Jamais havia perdido em casa, nunca perdi uma revanche e espero continuar assim. Eu pensava que, se acertasse dois bons golpes, a luta mudaria, mas o tempo foi passando e não consegui sequer preparar os golpes. Sei que não foi uma boa luta para meus fãs assistirem, mas acreditem: aceito enfrentar qualquer um. Só estou esperando o telefone tocar".

Google+